Selic ditará crescimento do mercado imobiliário nos próximos meses

Investimento - 22 de fevereiro de 2021


A euforia no mercado imobiliário foi grande nos últimos meses com o avanço do mercado imobiliário. O setor acabou sendo um dos únicos que conseguiu crescer em meio a crise econômica que se alastrou pelo país com a pandemia de COVID-19.

De acordo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (ABECIP), de janeiro a dezembro os financiamentos de imóveis com utilização de recursos da poupança (SBPE) chegaram a R$ 124 bilhões, representando um crescimento de 58% em relação a 2019.

Esse otimismo do setor, atrelado ao bom desempenho tem tudo para continuar nesse ano. Apesar dos desafios e inseguranças em relação à economia do país com o fim do auxílio emergencial e aumento do desemprego, o mercado imobiliário no geral está otimista para os próximos meses e o principal causador disso é a baixa da taxa de juros básica.

Espera-se que a Selic flutue, mas ainda assim continuará em baixa, seja de 2,3% ou 3,4% até dezembro, como previsto. Isso permite que todo o setor se beneficie, incluindo as incorporadoras que conseguem tomar crédito mais barato para construir e o cliente final que tem um crédito muito mais acessível para financiar um imóvel.


Deixe um comentário


© 2015 MBRAS Soluções Imobiliárias - Creci 23.907-J - Todos os Direitos Reservados.